Recomendação Bibliográfica Do Mês - ATLANTIS

| Comments

Em nosso mundo tecnológico o dia parece não ter as mesmas 24 horas das quais as demais pessoas desfrutam. Para os “meros mortais”, pode parecer muitas vezes que nosso dia tem 26 ou até mesmo 28 horas pela quantidade de coisas que fazemos. O que estes “meros mortais” não percebem, é que isto é apenas uma ilusão “idiótica”, restando apenas a verdade de que temos as mesmas “míseras” 24 horas por dia. Tendo tão pouco tempo para fazer tantas coisas, vide trabalho, faculdade, cursos de expansão/especialização, cursos de língua, projetos pessoais, projetos profissionais, família/amigos, lazer, esporte, cultura, etc…, fica complicado administrar e fazer tudo da forma como gostaríamos de fazer.

Neste post, gostaria de me focar na falta de tempo para literatura escrita. Sim, nos falta tempo para uma boa leitura de vez em quando. Mesmo com esta falta de tempo, procuro, sempre que possível, estar lendo algum bom livro que não seja sobre tecnologia. O complicado é conseguir 1 hora para me dedicar a leitura, tendo muitas vezes apenas 20/30 minutos por dia para ler, na melhor das hipóteses, já que nem todo dia eu consigo esse tempo. Por isso, muitas vezes levo aproximadamente 1 mês inteiro para ler um único livro. Triste, porém realidade. Sendo assim, resolvi passar a divulgar aqui todo mês a minha escolha atual bem como resumir um pouco a mesma.

Este mês optei pelo livro ATLANTIS.

“Neste romance carregado de dados reais e atualizados sobre um dos maiores mistérios da humanidade, o experiente arqueólogo Jack Howard depara-se com pistas que podem levar à cidade perdida, mencionada ainda na Antiguidade pelo filósofo grego Platão, e que representa a utopia do ideal de sociedade, de harmonia e de fartura. Durante milhares de anos, pesquisadores vêm tentando encontrar Atlântida. Um dia o arqueólogo marinho Jack Howard e sua equipe tiveram sorte. Enquanto mergulhavam em busca de um naufrágio do tempo de Homero, encontraram ruínas submersas que pareciam ser de Atlântida. Mas a informação vazou e um grupo de terroristas e mercenários fica sabendo que os segredos da Atlântida estavam prestes a ser revelados. Repentinamente, Jack e sua equipe se vêem envolvidos em um jogo de vida e morte. A revelação teria um alto preço.”

Esta é a descrição retirada do site www.saraiva.com.br, porém gostaria de lembrar um fato sobre o livro, para não deixar ninguém aqui desprevinido ou me culpando pela recomendação:

NÃO COMPRE O LIVRO se você…

1- Não gosta de receber informações em excesso.

2- Não gosta de história, geologia, arqueologia e outras ias…

3- Não tem paciência e quer ver é o enredo em si, ao invés de uma chuva de informações técnicas.

Bom, este livro é muito bom, para quem é o oposto do citado acima. Muitos fans de Dan Brown criticaram o livro por esperar que ele seguisse a mesma linha de raciocínio, porém este livro não foi escrito por um escritor literário, mas sim por um arqueológo, portanto é óbvio que o maior destaque do livro não seria o romance em si, mas sim fatos históricos e científicos.

Se você acha que preenche o perfil de leitor para esta obra, realmente recomendo.

Abraços

Comments