Go Ou Go! Linguagem Do Google Cria Primeira Intriga

| Comments

Acho que todos, ou quase todos, devem ter acompanhado a notícia de que a gigante Google criou uma linguagem de programação chamada Go.

Muito foi falado em vários sites/blogs sobre as vantagens/desvantagens da mesma.

De fato é uma linguagem impressionante que se mostrou bastante eficaz na velocidade com que o compilador trabalha e compila todo o código. Realmente uma velocidade que impressiona a todos.

Mesmo tendo achado a sua sintaxe, digamos assim, bastante feia e pouco prática (me lembrou pascal em alguns aspectos), ela realmente merece um estudo um pouco mais aprofundado do que um simples hello world.

Apesar de preferir metodologias ágeis e linguagens que sigam esta linha, como python ou ruby, que se utilizam de códigos simples e elegantes, acredito que a linguagem Go pode trazer grande performance em muitos casos.

Ainda não pude estudar de forma aprofundada mas já pude ver coisas bacanas na forma como aloca e desaloca memória. Isso realmente me chamou a atenção.

Mas, nem tudo é um paraíso.

Com tantos rumores sobre o novo lançamento, acabou ficando oculto o fato de que já existia uma linguagem chamada Go! e que o criador da mesma, Francis Maccabe, está inclusive insatisfeito com o lançamento descarado do google. Sim, o mesmo já inclusive se reportou ao Google, como podem ver no link a seguir. O mais intrigante é que o mesmo utilizou a página de report de bugs/issues para o fazer.

A pergunta é: Seria a escolha do nome da linguagem um bug a ser reportado? hehe

http://code.google.com/p/go/issues/detail?id=9

O mesmo contesta a falta de “criatividade” (?¿) do Google por utilizar o nome Go.

Se aquele link não bastou, segue um link de venda do livro do Maccabe escrito em 2007 a cerca da linguagem Go!.

http://www.lulu.com/content/paperback-book/lets-go/641689

Como será que o google irá lidar com isso? Terá a decência de agir corretamente e mudar o nome de sua linguagem enfrentando toda a dor de cabeça disto após seu lançamento e divulgação? Ou simplesmente ”comprará” a outra ideia, quem sabe oferecendo um emprego ou coisa parecida ao Mccabe?!

Que coisa não?! o.O

Abraços

Comments