Dica Rápida - Linux - Como Não Deixar Rastros No History

| Comments

Shhhhhhh….

Que tal digitar seus comandos em uma máquina Linux sem que os mesmos sejam registrados no history do sistema?

O history é responsável por armazenar um histórico dos últimos comandos digitados no sistema. Por exemplo:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
 [kalib@tuxcaverna ~]$ history
    1  ls
    2  mkdir pc
    3  cd pc/
    4  ls
    5  mkdir pc2
    6  ls
    7  touch ps2/teste
    8  ls
    9  touch /
    ...
    ...
    496  route
    497  ifconfig
    498  cat teste 
    499  ls
    500  history

Como podemos ver, o history me retornou um histórico dos meus últimos 500 comandos, incluindo o próprio comando history, que acabei de digitar.

Vejamos o registro de novos comandos:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
 [kalib@tuxcaverna ~]$ echo "Teste"
 Teste
 [kalib@tuxcaverna ~]$ echo "Registra isso history"
 Registra isso history
 [kalib@tuxcaverna ~]$ history
 ...
 ...
 501  echo "Teste"
 502  echo "Registra isso history"
 503  history

Então, como não deixar registros no history? Utilizaremos os comandos cat e bash para isto:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
 [kalib@tuxcaverna ~]$ cat | bash
 pwd
 /home/kalib
 
 df -h
 Sist. Arq.      Tam. Usado Disp. Uso% Montado em
 /dev/sda3        30G   19G  9,3G  67% /
 dev             2,9G     0  2,9G   0% /dev
 run             2,9G  860K  2,9G   1% /run
 tmpfs           2,9G     0  2,9G   0% /dev/shm
 tmpfs           2,9G     0  2,9G   0% /sys/fs/cgroup
 tmpfs           2,9G  108K  2,9G   1% /tmp
 /dev/sda1        99M   23M   69M  25% /boot
 /dev/sda4       427G  305G  101G  76% /home
 
 cd testes
 
 pwd
 /home/kalib/testes

Simples, não?

Happy hacking…

Comments